117 comments

  1. Uma dos melhores inícios de hq que eu já vi na minha vida. Sério. Estou impressionado, ainda mais por ser brasileira e por ser gratuita. Meus parabéns e meu muito obrigado!

    1. Obrigado! Não trabalho para a Panini, não. Mas já publiquei uma historinha que saiu pela editora: está no MSP Novos 50, uma coletânea de histórias da Turma da Mônica feita por 50 artistas diferentes. Se puder, dÊ uma olhada. O livro está bem legal.

  2. Caramba! Eu tava no Peixe Aquático e aí cliquei no link que levava até esta história e eu não estava esperando por isso. Eu esperava um blog de tirinhas, mas me deparo com uma HQ com arte de encher os olhos e uma história com a qual me identifiquei muito. Parabéns, virei fã e vou mostrar pra todo mundo. =D

  3. Simplesmente genial este primeiro capítulo! Identifiquei-me todas as idéias expostas. A supervalorização das redes sociais, o exibicionismo gratuito, acho tudo isso muito bizarro e nem sou tão velho para pensar assim (tenho apenas 22). Aliás, achei demais os traços e a história realmente me cativou.

    1. Sempre bom saber que os personagens e histórias estão agradando, Leandro. Eu também tenho meus 25 e acho que o caminho que algumas coisas estão tomando um pouco preocupantes demais, haha. Será a idade batendo à porta?

  4. Excelente traço, gostei muito do seu trabalho, vou acompanhar a série e dar o suporte que eu puder.
    Uma dúvida: ‘Focus of Ire – Souverän’ é algo totalmente fictício? Tentei procurar no google, hahaha.

  5. Estou acompanhando a história e gostando muito! Parabéns pelo seu trabalho! 😀
    Só uma perguntinha… Qual que é a música que ele escuta no mp3? Fiquei curiosa e não consegui encontrar ela D:

      1. hahha obrigada! Eu e um amigo (a quem eu TIVE que mandar o link daqui) chegamos até a parar de ler um pouco, só pra ver se nós encontrávamos a bendita música! hahaha
        Mas enfim, estarei aguardando a música então ! E o resto da história também, claro!

    1. Depende, Toninho. Se você já é acostumado com alguma técnica no papel, acho que escanear e fazer o acabamento no pc (ou fazer o acabamento todo no papel, mesmo, por que não?) seja mais fácil. Por experiência própria, demorei um tempinho para me acostumar com a Tablet (a caneta mouse) mas, depois que você pega o jeito, pode fazer desde pequenos ajustes nos desenhos com uma (junto com um programa de edição de imagens, como o Photoshop)até cores, sombreamento, ou mesmo todo desenho. O álbum Dinamite & Raio Laser – Zero foi feito 100% digitalmente com uma tablet. Agora o Era da Ferrugem, como já disse em algum comentário aqui, é desenhado em folha de sulfite com lapiseira 0.5, grafite HB. Depois de escanear, os tons e cores são aplicados no Photoshop, sempre com ajuda da minha tablet.

      1. oii obrigado pela dica…samuka??mais ainda tenho minha duvidas..vc pode me responder?assim eu ainda prendendo fazer o mesmo que vc postar o meus desenho no word press ou em qualquer outro site….mais ainda to me aprimorando…a minha duvida é esta o photoshop tem ferramenta disponivel arrumar traços torto e a anatamina (tipo um olho maior que o outro)?
        eu to ainda melhorando o meu traço para depois encanear e depois fazer a arte final no photo shop..vc tem ou sabe de algum site que ensina a fazer a arte final? decupa por fazer essas perguntas de nob, mais continua ai a era da ferrugem vai ate acabar a saga veio.obrigado por responder as minhas pergunta ateriores e torço para ver o seu desenho na tv e nas livrarias troçar por min tambem por que ainda vc vai ouvir o nome toninho santiago nas telas da tv ,mangás e livros valeu samuka

        1. CAra, é isso aí. O importante é ter força de vontade, né. Estou correndo muito atrás, também! Boa sorte pra nós dois!

          Sobre a arte final digital… Eu fiz um passo a passo certa vez de como eu faço as páginas do Dinamite & Raio Laser. Ela não foca tanto na arte final mas acho que pode ajudar você a ter, pelo menos, algumas noções melhores do que dá pra fazer com o Photoshop. E sim, dá sim pra arrumar alguns erros. Na verdade, você se aprimorando bem com a ferramenta, dá pra fazer qualquer coisa. Sem exagagero.

          Bem, aqui está o link do passo a passo:
          http://dinamiteraiolaser.uol.com.br/blog/161/mini-passo-a-passo.html

          Espero que ajude!

  6. Eu vi uma pergunta alí em cima….me deu vontade de fazer uma ( uma pergunta um tanto nada a ver inclusive…hehe )….tudo bem se ninguém puder me ajudar, mas…

    Eu pretendo, no futuro, tentar uma espécie de carreira com arte….mas, uma coisa que me incomoda é o fato do meu nome ser comum, será que eu poderia usá-lo normalmente ou criar um pseudônimo?….é uma pergunta meio boba mesmo…
    muito bom a obra, virei fan ^__^…..muito bom…

    1. Valeu, Raffa.

      Quanto ao nome, eu acho que o que realmente fará a diferença para seu reconhecimento no futuro será o seu trabalho, antes mesmo que a sua assinatura.

      É fácil identificar um desenho do Mike Mignola (que muitas vezes assina só “M”) ou um Frank Miller (“FM”) muito antes de ver a assinatura. Claro que esses são exemplos extremos ( eles tem um estilo muito particular e já chegaram num nível de sucesso grandioso), mas, o que eu quero dizer é que como você assinará não importará tanto se a qualidade do seu trabalho sobressair, primeiramente. Algo assim.

      Legal que está acompanhando a série, obrigado!

  7. o Samuel queria de pergunta se quais são os mais famoso concurso de publicação de mangá ou hq…do brasil que leva para ser publicada na panine ou na jbc ou estao na comics como eu faço …..e vc já participou desses concursos ante de Dinamite & Raio Lase

  8. Gostei da historia, vou me ligar pra acompanhar os proximos capitulos! Bem contemporanea, e me identifico com boa parte da critica aos “deslumbrados” modernos (como a preguiça com os vloggers, ou a galera escandalosa da rua , etc). Parabens, tá bem legal!

  9. Cara, sou designer tb e me identifiquei muuito com a história e estilo de vida do personagem. Gostei dos traços também e tudo mais. VOu continuar lendo os outros capítulos. Parabéns!

  10. Cara, achei massa a história, e suas habilidades de desenho também são fantasticas. Realmente gostei muito 🙂
    Eu queria mostra a história para uns colegas meus de fora mas o site que é em inglês está fora do ar, tem alguma previsão para quando você vai colocar ele para funcionar?

  11. podia diminuir os palavrões, nao falo em censurar a linguagem com uso de palavrões o problema é que esta utilizando de mais, acaba ficando uma liguagem chula, agressiva e de baixa indole, alem de estar desperdiçar os poucos caracteres que cabe em um quadro. Mas achei bacana o grafite e os traços do personagem, a historia rotineira e o facilidade de identificar as angustia do personagem cria um laço de vinculo com o leitor motivando a leitura

  12. Muito bom o trabalho, Samuel. Tanto como conceito quanto como resolução. A inclusão da trilha é muito boa ideia. Se ela rolasse já desde que abre a página acho que ficaria ainda melhor. Parabéns. Lailson

  13. Olá Samuel, gostaria de um contato seu como e-mail, telefone …
    Não consegui lhe enviar msg no Face. Desejo obter um trabalho seu, algo específico que gostaria que fizesse para mim. Seria possível? Mui grata.

  14. Cara eu tenho varias historias inacabada minhas que se encaixaria perfeitamente em uma HQ que nem essa !!!!Eu só preciso de um desenhista !!

  15. Olá Samuel, eu estava no FIQ hoje, quando uma amiga sua me passou seu flyer, e como prometido entrei e gostei do que vi. Você tem um trabalho muito bom. Espero que continue produzindo. Parabéns.

  16. Sr. SAMUEL ACOMPANHEI TODA HISTÓRIA ATÉ O CAPITULO 4 MAS COMO SÓ TENHO ACESSO A INTERNET EM MEU TRABALHO NÃO CONSIGO MAIS ACESSALO POIS SEU SITE FOI BLOQUEADO E NÃO APARECEM MAIS AS IMAGENS SERÁ QUE O SENHOR PODERIA ME ENVIAR OS ARQUIVOS DO CAPITULO 5 EM DIANTE PARA QUE EU POSSA VLTAR A ACOMPANHAR A HISTÓRIA?
    SE O SENHOR PUDESSE FAZER ISSO SERIA MUITO BOM FAVOR ENVIAR PARA GELOGAN37@GMAIL.COM

  17. Ae Samuca, você é fera mesmo hein meu amigo, desde a época do colegio você já tinha o gosto e o Dom da Coisa, mas sem duvida nenhuma você progrediu muito! Parabéns e muito sucesso, que você merece!

    A parte final com a integração com a musica do MP3 do personagem é sensacional… de arrepiar mesmo, da pra sentir a angustia que o personagem está sentindo…

    Saudades, Abraço
    Murilo FAVERO

  18. Brow Parabéns pelo trabalho adorei a história e os traços..

    continue assim..

    se precisar de ajuda para customizar o site..

    me retorne por e-mail.. que tenho uma empresa especializada em desenvolvimento web.. 🙂

  19. Te conheci pessoalmente na Comic Con 2015 e você me perguntou o que achei da história… disse apenas que a achava “sinistra” e, pra falar a verdade, foi bem assim que me senti nos primeiros dias após ler (de uma vez só) toda a primeira parte: assustada. Agora, como você me disse que logo sairia a parte dois, tenho entrado regularmente aqui para verificar.

    Porém hoje reli o primeiro capítulo e uma parte do segundo… é sempre interessante como relemos com novos olhos uma história. Ainda não reli as partes mais “sinistras”, mas minha segunda impressão: o Piet é a essência daquilo que ele mesmo odeia, ele é vazio e fútil (à maneira dele)… só sabe reclamar sem tentar levantar um dedo para mudar nada. Julga tão facilmente as pessoas que, na realidade, não eram exatamente aquilo que ele tinha certeza que eram. Excelente crítica.
    Mas lamento… ele é apenas uma criação. Claramente o futuro dele não era esse, se não fosse toda a interferência. Aparentemente ele foi escolhido por ter, sei lá, uma pré disposição… mas acho, de verdade, que ele poderia ter sido uma pessoa totalmente diferente se não tivesse sido “influenciado” ou mesmo se tivesse lutado contra tudo isso.

    Resumindo o que não consegui te dizer na CCX… a história é MUITO boa. Ela te prende na frente do computador e dá uma certa agonia, um medo.
    Seu trabalho é incrível, não falo somente da história em si, mas também da arte. Aguardo com ansiedade e muita curiosidade a segunda parte, parabéns.

  20. Sensacional! não só seus traços mas também a roteirização é muito bem executada! E a ideia de colocar músicas (que você mesmo criou) foi muito interessante,por tudo isso e por ser publicada apenas digitalmente me parece uma ótima GN indie (adoro coisas indie hehe), torço muito para que o projeto siga evoluindo e para que você tenha muito sucesso na carreira,porque talento você tem.

  21. Incrível Leitura,e lindo traço acompanhado de de um ótimo trabalho final, tenho nem o que dizer sobre a trilha sonora s2 amei, narrativa envolvente,mais que wesley safadão <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *